Português English
Como fazer um filme de amor Fic . 35mm . cor . 84’ . 2004
Sobre o filme

Como Fazer um Filme de Amor mostra exatamente isso: como fazer um filme de amor. É uma comédia que ironiza aquelas publicações do tipo Bianca, Júlia e Sabrina. Enquanto vemos uma trama típica na tela com uma mocinha (Denise Fraga), um mocinho (Cássio Gabus Mendes) e uma rival (Marisa Orth), um narrador (Paulo José) vai mostrando ao espectador todos os clichês, truques e golpes baixos necessários para fazer um filme de amor. É uma espécie de raio-x dos filmes românticos.

Distribuição: Lumiére - 29 de outubro de 2004

Notas de Produção

Projeto contemplado no Concurso de Produção do MINISTÉRIO DA CULTURA

Projeto apoiado pelo PROGRAMA EXTRAORDINÁRIO DE CINEMA PAULISTA

Filme finalizado com o apoio da Agência Nacional do Cinema - ANCINE

Patrocínio da PETROBRAS através da Lei de Incentivo a Cultura para produção e da "Seleção Extraordinária 2003 para Projetos de Distribuição de Longa Metragem" realizada em parceria com o Ministério da Cultura

Apoio ao lançamento da Globo Filmes

 

Patrocínio (LEI 8313/91): Petrobras

Investidores (Lei 8.685/93): SantanderBanespa e Grupo Tele-Rio

Apoio: Fuji Filmes

Produção associada: Academia de Filmes

Co-produtores: Estúdio Senhora Olga Multimídia, Lumière, Hagadê Agente Aaton do Brasil, Padaria de Texto, Quanta.

 

 

Sinopse

 

Alan (Cássio Gabus Mendes) e Laura (Denise Fraga) se apaixonam perdidamente, mas precisam lidar com a sombra da estranha morte da esposa de Alan. Lilith (Marisa Orth), assistente de Alan, é também apaixonada por ele. Durante o desenrolar da história do trio um narrador vai revelando, aos poucos, a fórmula usada nestes tipos de filme, desvendando o esqueleto das histórias românticas contadas no cinema.

Diretor José Roberto Torero

José Roberto Torero dirigiu seis curtas, dois como aluno da ECA-USP e quatro pela Superfilmes: Morte, Amor! (melhor filme nos festivais de Havana, Vila do Conde, Palm Springs, Santiago do Chile, Toronto, Gramado e Brasília), A Alma do Negócio (melhor filme em quatro festivais, inclusive no de Drama, na Grécia), e O Bolo, que fez parte do longa-metragem “Felicidade é...”, prêmio especial do júri no Festival de Hamburgo).

 

Pela Superfilmes também realizou o média-metragem O Mundo Cabe Numa Cadeira de Barbeiro, para a TV Cultura, e o longa Como Fazer um Filme de Amor.

 

Também roteirizou o curta Uma História de Futebol, finalista do Oscar em 2001, e sete longas, entre eles Memórias Póstumas, Pequeno Dicionário Amoroso, Pelé Eterno e O Contador de Histórias.

 

Publicou 30 livros (entre eles O Chalaça, prêmio Jabuti de Romance) e escreveu uma coluna sobre futebol na Folha de S.Paulo de 1998 a 2012.

 

Na TV, por oito anos escreveu o quadro Retrato Falado, exibido dentro do Fantástico, além da série FDP,  exibida pela HBO a partir de abril de 2012.

Elenco

Elenco Principal: 
Denise Fraga, Cassio Gabus Mendes, Marisa Orth

 

Narração:

Paulo José

 

Co-Adjuvantes: 
André Abujamra, Ana Lucia Torre, Abrahão Farc, José Rubens Chachá, Carlos Mariano, Ilana Kaplan e Maria Manoella

Equipe

Direção

José Roberto Torero


Roteiro

José Roberto Torero e Luiz Moura


Produção executiva

Zita Carvalhosa


Direção de produção

Marcia Vinci


Direção de fotografia

 Kátia Coelho


Direção de arte

Billy Castilho e Adriana Faria


Montagem

Vânia Debs


Edição de som

Eduardo Santos Mendes e João Godoy


Música

Mário Manga

 

Festivais

  • Festival de Belém do Cinema Brasileiro 2004 - Melhor Roteiro e Melhor Fotografia
  • CINE PE 2004 e Festival de Montreal 2004 - Melhor Roteiro 
  • Filme de Abertura no Festival de Biarritz 2004
  • Roteiro contemplado no Concurso de Obras Audiovisuais de Baixo Orçamento e Telefilme do Ministério da Cultura.



facebook.com
 
 
 
 
Endereço Av. Dr. Vieira de Carvalho, 192 / 101 -  República - CEP 01210-010 - São Paulo - Brasil Telefone +55 11 3031.5522  E-mail super@superfilmes.com.br